UICLAPER com orgulho

Meus livros na UICLAP

capa

Angelus

No seu primeiro livro de poesias, o poeta Diego Diamante, apresenta um relato sensível e tocante do seu amor por sua querida mãe que o deixou em 2017. Também tocando em assuntos como o cotidiano doméstico, depressão e resiliência.

Saiba mais
capa

Papilio

Utilizando da figura magistral de uma borboleta. Diego Diamante neste segundo livro, leva o leitor em uma jornada poética de auto descobrimento, Resiliência, amor próprio e aceitação. Se redescubra e voe junto através da poesia da superação!

Saiba mais
capa

O simples ato de amar

Em seu terceiro livro, Diego Diamante, convida o leitor a um passeio sobre o mais enigmático e poderoso dos sentimentos: O amor. Através de poesias próprias e com um convidado especial, conheça “O simples ato de amar” e se apaixone!

Saiba mais
capa

Philophobia

"Philophobia"- é um teatro poético que fala sobre amor, desamor, medo de amar e amor proibido. Inspirado pelo clássico da literatura, cinema e teatro musical, "O Fantasma da Ópera", Diego Diamante, traz ao leitor uma experiência complexa e cheia de nuances. A edição especial trás "poesias escondidas" como conteúdo bônus

Saiba mais
capa

Mérope

"Mérope"- o quarto livro de Diego Diamante, é inspirado na depressão, ironia, misticismo e mitologia grega. As poesias sarcásticas, trazem a tona a inconformação com o mundo e com a vida.

Saiba mais
capa

Luna

“Luna” é uma jornada emotiva inspirada pelas quatro fases Da Lua. No quinto livro e primeiro da série “Sol e Lua”. Diego Diamante, esboça a vulnerabilidade e o sentimentalismo.

Saiba mais
capa

Soleil

“O sol sempre volta a brilhar!” é o principal lema do alegre e descompromissado “Soleil” o segundo e último da série "Sol e Lua". Com poesias sobre o cotidiano e um balanço da vida, Diego Diamante, conta em seu sexto livro, sobre as mudanças que atitudes e momentos positivos tiveram em sua vida.

Saiba mais
capa

Régulos

Saindo completamente do universo romântico e encarando a realidade cruel, “Régulos”, explora a figura de um leão arrogante e irônico em meio ao caos da realidade diária. Com um livro mais concreto, Diego Diamante, convida o leitor a encarar a sua realidade em diversos tons: Sarcasmo, acidez, amargura, ironia, crueldade, prepotência e nobreza. Saúdem o leão rei!

Saiba mais
capa

O Livro das Flores

Um pequeno livro que exalta a pureza dos versos e do sentimento romântico, “O Livro das Flores” foi escrito originalmente em 2014, mas ainda é tão atual e ao mesmo tempo atemporal. Se emocionem numa jornada de amor, carinho, romantismo e amizade.

Saiba mais
capa

Phantasma

“Phantasma: A última declaração de amor” é a sequência de “Philophobia: Um teatro poético sobre o medo de amar”, um livro intenso romântico e cheio de mistério. O Lorde Darius finalmente entende que o seu sentimento, por maior medo lhe cause, é algo que tem de ser dito, liberto e aceito por si mesmo, só isso poderá lhe trazer a real transformação. Através dos poemas mais viscerais, “Phantasma” c

Saiba mais
capa

Melodia

“Melodia: Uma nova canção de amor” é a terceira e penúltima parte da história do “Phantasma da Poesia”, Lorde Darius. Depois de ter se declarado, mas não ter sido correspondido, ele se internaliza em seu mundo sombrio de criações, para trazer a luz uma nova melodia, uma nova motivação para amar: O amor-próprio. Convido-vos ao mundo de melancolia e música de “Melodia: Uma nova canção de amor”, c

Saiba mais
capa

Terra

"Terra — Um planeta de poesias" é um relançamento do livro lançado em 2019. Romântico, intenso e cheio de nuances, "Terra" agora está ligado com a história do personagem Lorde Darius Fawler 'Darik' Diamond — O Phantasma da Poesia. Nesta nova edição, novos poemas que trazem uma viagem por paisagens pintadas com muita emoção e muito amor. Venha comigo e seja o universo!

Saiba mais
capa

O Caminho das Estrelas

O Lorde Darius se despede da sua triste história de amor em: “O Caminho das Estrelas: A verdadeira face do amor”. Um livro que confronta a realidade e a ficção, traz Diego Diamante desconstruindo o seu personagem “Phantasma da Poesia”, e se revelando a verdadeira face do amor. Traz o encerramento perfeito, a maturidade e a aceitação de que o amor é a única verdade!

Saiba mais
UICLAP