UICLAPER com orgulho

Meus livros na UICLAP

capa

Dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três. Vendido!

Este livro é uma homenagem a poesia e tudo o que ela é capaz de proporcionar. É um livro de poemas onde o professor e autor fala de temas instigantes, polêmicos, momentos da vida, saudades, homenagens, críticas, recheado de reflexões filosóficas, políticas e humanas. Criado em um momento difícil ao qual o mundo está vivenciando, uma pandemia que fez com que as pessoas olhassem mais para dentro de

Saiba mais
capa

REBELE-SE

Os poemas deste livro é um pouco de tudo. É o grito dos excluídos, dos marginalizados, esquecidos e É um invisibilizados pela história e pelos governos. sopro de esperança. É um convite. Um convite para reflexão, para desconstruir e reconstruir, para olhar para si sem esquecer do outro, um convite para sairmos da inércia do egoísmo e do desprezo pela vida humana.

Saiba mais
capa

INUMERÁVEIS

Este livro é um pouco de mim e um pouco de todos nós. É uma afronta às coisas que nos envergonham ou que pelo menos deveria nos envergonhar. Trata também da solidão mesmo entre multidões , de sonhos, de busca por dias melhores. Salienta também, que nossa humanidade apesar de perversa, pode encontrar o caminho da solidariedade, da prosperidade de espírito, de irmandade e fraternidade, onde as nossa

Saiba mais
capa

Lírio do Vale

É um pequeno livro de poemas mas de muita intensidade e introspectivamente contraditória . Imerso em temas humanamente desumano as vezes. Também traz esperança e uma incansável busca de viver melhor em meio a tantos descaminhos e perdas que a vida nos reserva. Enfim, um passeio pela democracia de ideias e ideais.

Saiba mais
capa

Colecionando lágrimas

Estes versos, as vezes ao inverso ou reverso, é um incomodo e um desejo. São novas intrigas antigas curadas ou não. Por onde, aonde, donde ou se esconde irão penetrar. Não pretende agradar, pelo contrário, vem afrontar os falsos desejos morais e amorais, crenças sem crenças, os erros a mais. Vem falar da dor, do ódio e de tudo que há de ruim na humanidade. Assim tentar mostrar o quão grande e impo

Saiba mais
capa

Despedidas e Saudades

Este livro é minha despedida de um ciclo de vida de tantas vidas que já vivi até agora, de conselhos e fracassos, e das poucas vitórias. Saudades do foi e principalmente do que ainda não pude ver, sentir, abraçar ou saber. É um prelúdio aos que são capazes de sentir saudades sem medo de chorar ou sorrir. Dos que respeitam as dores da vida ou as dores da morte, principalmente aos que aceitam que o

Saiba mais
capa

Outros Horizontes

Este livro é composto por 60 poemas que se envereda no mundo do pensar, sentir e refletir. Traz um olhar apaixonado sobre a humanidade e pela natureza mesmo sabendo que o ser humano é o lobo de próprio homem. Por isso, esses versos tem a intenção de divagar e mostrar que o mundo não gravitaciona em torno de somente nós.

Saiba mais
capa

Buscando estrelas

Estes versos ao reverso é meu jeito de rezar, De chorar, protestar, de morrer enquanto ainda vivo. É um jeito de falar do trivial, das dores e desamores, de vida e morte, de perder e ganhar, mesmo quando se perde. E é nesse perder-se que este 60 poemas eu me perco em escrever meus muitos Eu's.

Saiba mais
capa

Jardim das acácias

Estes versos são pequenas sementes em busca de terrenos, que mesmo inférteis, cisma em fecundá-los. Que diante da menor fissuração da alma humana, estes poemas nunca desistirá da sua missão, que é transformar tudo que tocar em um elemento no Jardim das acácias.

Saiba mais
capa

O décimo arcanjo

O décimo arcanjo é um livro com 60 poemas com uma força que transforma e que descentraliza o que nos parece estável e imutável. É um livro de um poeta inquieto e muitas vezes incompreendido, primeiro por ter formação em exatas e segundo, por viver imerso nos dilemas, contradições e nas grandes fragilidades humanas onde nada que seja vivido ou sentido passa por desapercebido

Saiba mais
capa

Como se diz eu te amo

Como é que se diz eu te amo é uma coleção de 60 poemas que não consegue dizer eu te amo com palavras certas; pois nesta busca, sempre tropeça em seus próprios defeitos e virtudes; bem que às vezes, nem parece falar de amor e sim de outras coisas humanas; que desagrada, que tormenta e também traz repulsa. Mas no fundo é a mesma alma humana que anda por tantos caminhos diferentes que se perde de seu

Saiba mais
capa

Equilíbrio distante

Este livro de poema é o 12º produzido durante a pandemia da Covid-19. Estes versos vem trazendo o que se pode explicar pelo inexplicável e refazendo um elo que se tem perdido ou vem se perdendo nos últimos tempos. Por esses versos simples e cotidiano, mostra em si o que antes era tão trivial aos seres humanos no mundo das ideias, hoje está muito longe do que se tem vivido e presenciado pouco a pou

Saiba mais
capa

Desencontros

Estes poemas é um pouco do muito que passamos. É as vezes alegria outras muitas saudades, as vezes chegada ou mais uma vigem. É um livro de encontros encontrados, em que nos próprios desencontros, em quase tudo ou nada, se fala do amor de verdade.

Saiba mais
UICLAP